Termografia para Determinação do Limite de Fadiga em Aço de Médio Carbono

  • João V. C. G. Alves Departamento de Engenharias, Cursos de Engenharia Mecânica. Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA.
  • Felipe A. V. Araújo Departamento de Engenharias, Cursos de Engenharia Mecânica. Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA.
  • Gabriel A. Honorato Departamento de Engenharias, Cursos de Engenharia Mecânica. Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA.
  • Rosemberg F. N. Rodrigues Departamento de Engenharias, Cursos de Engenharia Mecânica. Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA.
  • Hélio S. Queiroz Departamento de Engenharias, Cursos de Engenharia Mecânica. Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA.
Palavras-chave: limite de fadiga, termografia, aço SAE 1045

Resumo

A determinação do limite de fadiga é um grande desafio, métodos comuns demandam muito tempo e investimento. Um método foi desenvolvido por La Rosa e Risitano, conhecido como Método de Risitano. O objetivo do trabalho foi definir o limite de fadiga do aço SAE 1045 Normalizado pela análise termográfica em ensaios dinâmicos. Sua utilização foi devido à ampla necessidade industrial na fabricação de componentes que necessitam de alta resistência mecânica e sofrem ações de forças cíclicas. De forma geral, o limite de fadiga do aço definido possui em torno de 210 MPa. Para dar mais credibilidade ao novo método a obtenção dos valores demonstra uma clareza de resultados promissora de 208,85 MPa, utilizando-se uma menor quantidade de espécimes e obtendo menor desvio padrão. O método se mostrou rápido, objetivo e usual em ambientes reais.

Referências

Bandeira CFC, Kenedi PP, Castro JTP de. Determinação do limite de fadiga de um aço carbono trefilado a frio utilizando o método termográfico. 2017;

Manhães PRB. Estudo da fadiga em Policarbonato com o uso da Termografia. 2016;1–49.

Castro JTP de, Meggiolaro MA. Fadiga – Técnicas e Práticas de Dimensionamento Estrutural sob Cargas Reais de Serviço. 2009.

Rosa G La, Risitano A. Thermographic methodology for rapid determination of the fatigue limit of materials and mechanical components. Int. J. Fatigue. 2000;22(1):65–73.

Risitano G, Risitano A, Clienti C. Determination of the fatigue limit by semi static tests. Igf Xxi. 2011;322–330.

Assis AAO de. Estudo da fadiga em Aço Carbono com o uso da Termografia Agradecimentos. PUC - RJ. 2017.

Branco C, Fernandes A, Castro P. Fadiga de Estruturas Soldadas. 1st ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian; 1999.

Callister WDJ, Rethwisch DG. Ciência e Engenharia do Materiais: Uma Introdução. 9th ed. Iwoa - Utha: 2018.

Dudynas RG, Nisbett JK. Shigley ́s Mechanical Engineering Design. 10th ed. New York: 2016.

Schettini LCV, Ribeiro GDO. Análise Estrutural da Propagação Mecânica De Trincas Em Uma Viga da Estrutura do Forno de Reaquecimento. UFMG. 2016;6:117.

Guimarães SR, Pertence AE de M. Desenvolvimento e aplicação de uma metodologia para previsão de vida de eixos de mandris de bobinadeiras de laminação a frio submetidos a danos acumulados por fadiga. UFMG. 2009;(2).

Pêcego AL, Pereira MVS. Análise Fractográfica e Metalográfica de uma Região de Fratura. PUC - RJ. 2015;13(3):1576–1580.

MatWeb: Online Materials Information Resource [Internet]. 2019;Available from: http://www.matweb.com/14. Barber JR. Elasticity (Solid Mechanics and Its Applications). Springer; 2010. p. 219–225.

Corigliano P, Crupi V, Epasto G, Guglielmino E, Risitano G. Fadigue assessment by thermal analysis during tensile tests on steel. Procedia Eng. 2015;109:210–218.

Lipski A. Thermographic Method Based Accelerated Fatigue Limit Calculation for Steel X5CrNi18-10 Subjected to Rotating Bending. Polish Marit. Res. 2015;22(4):64–69.

Fargione G, Geraci A, Rosa G La, Risitano A. Rapid determination of the fatigue curve by the thermographic method. Int. J. Fatigue. 2002;24(1):11–19.

Usamentiaga R, Venegas P, Guerediaga J, Vega L, Molleda J, Bulnes FG. Infrared thermography for temperature measurement and nondestructive testing. Sensors (Switzerland). 2014;14(7):12305–12348.

Howell JR, Siegel R, Menguc MP. Thermal Radiation Heat Transfer. 5th ed. New York: CRC Press; 2010.

Kreith F, Manglik R, Bohn M. Princípios de Transferência de Calor. 2nd ed. Rio de Janeiro - RJ: Cengage Learning; 2010.

Publicado
2021-04-24
Como Citar
João V. C. G. Alves, Felipe A. V. Araújo, Gabriel A. Honorato, Rosemberg F. N. Rodrigues, & Hélio S. Queiroz. (2021). Termografia para Determinação do Limite de Fadiga em Aço de Médio Carbono. Revista Processos Químicos, 14(28), 94-107. https://doi.org/10.19142/rpq.v14i28.606