Elementos Finitos para o Dimensionamento de uma Viga Perfil “I” Utilizada em um Pórtico Móvel

  • Diego F. Vieira Departamento de Engenharias, Cursos de Engenharia Mecânica e Elétrica, Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA
  • Rogério C. Coelho Departamento de Engenharias, Cursos de Engenharia Mecânica e Elétrica, Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA
  • Márcio J. Dias Departamento de Engenharias, Cursos de Engenharia Mecânica e Elétrica, Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA
  • Almiro M. S. Neto Departamento de Metalmecânica, Cursos de Tecnologia em Manutenção Industrial, FATEC SENAI Roberto Mange
  • Wesley A. Fontes Departamento de Metalmecânica, Cursos de Tecnologia em Manutenção Industrial, FATEC SENAI Roberto Mange
Palavras-chave: simulação, projetos, estrutura metálica

Resumo

A agilidade e a confiabilidade, requeridas nos projetos de produtos e serviços, têm demandado o uso de tecnologias que favoreçam a confiabilidade dos resultados, minimizando o tempo gasto na confecção de protótipos. Tendo em vista tal necessidade, o uso da tecnologia CAE vem sendo cada vez mais difundido e utilizado. Este artigo tem como objetivo o estudo comparativo entre os dados obtidos pelo método de dimensionamento teórico e os dados obtidos nas simulações computacionais via MEF no dimensionamento de uma viga perfil I a ser aplicada em um pórtico móvel. Para esse fim, foram calculados o módulo de resistência a flexão, momento máximo e a tensão admissível, o que permitiu a determinação do módulo de resistência a flexão e, com base nesses dados, foram selecionados dois perfis com possível aplicação, e posteriormente realizadas simulações via MEF em um software específico. Os resultados obtidos via MEF mostraram-se efetivos na comparação entre os perfis estudados, possibilitando a escolha do perfil com menor peso linear, consequentemente gerando uma otimização dos custos do projeto. Ainda, os resultados obtidos, a partir da simulação, foram compatíveis com os valores teóricos estudados. Desta forma, o MEF mostrou-se aplicável na validação e no desenvolvimento de projetos mecânicos.

Referências

Neumann, Clóvis. Gestão de sistemas de produção e operações: produtividade, lucratividade e competitividade. Elsevier Brasil, 2013. 256 p.

Toregiani, Mário Vinícius. Otimização de perfil estrutural quanto ao carregamento de flambagem e frequência natural. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Francisco, Beatriz Martins. Simulação no processo de injeção utilizando o software moldflow. 2016. Faculdade de tecnologia de Sorocaba.

Alves, Phillipe Daniel. Estratégia global-local aplicada ao Método dos Elementos Finitos Generalizados. Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2012.

Silva, João Paulo Moreira da et al. Os métodos de equilíbrio limite e dos elementos finitos na análise de estabilidade de taludes. 2012. Faculdade de Engenharia, Universidade do Porto.

Campos, Sandro Neves. Desenvolvimento de programa em linguagem Matlab® para cálculo pelo método de elementos finitos. 2014. Instituto Superior de Engenharia do Porto.

Maciel, Denise Rabelo et al. Simulação de impacto de projéteis de arma de fogo com diferentes calibres no osso temporal= caracterização biomecânica pelo método de elementos finitos. 2016. Universidade Estadual de Campinas.

Rudenko, N. Máquinas de Elevação e Transporte. Rio de Janeiro: Livros técnicos e científicos, Editora S.A. Tradutor: João Plaza. 1976.

Costa, Luís do Rosário. Máquinas de Elevação e Transporte. São Luís: If – Maranhão, 2012. 189 p.

Brasil, Haroldo Vinagre. Máquinas de Levantamento. Rio de Janeiro: Guanabara, 1985. 234 p.

Costa, Gilberto Thiago de Paula; da Silva, Felipe Santos. Projeto de graduação II. Universidade Federal Fluminense. 2013

Alves Filho, Avelino. Elementos Finitos: A base da tecnologia CAE. 6. ed. São Paulo: Erica, 2016. 321 p.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 8400: Cálculo de equipamento para levantamento e movimentação de cargas. 1 ed. Rio de Janeiro: Abnt - Associação Brasileira de Normas Técnicas, 1984. 108 p.

Fakury, Ricardo Hallal. Sobre a revisão da norma brasileira de projeto de estruturas de aço e estruturas mistas de aço e concreto, a NBR 8800. 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rem/ v60n2/v60n02a05.pdf>. Acesso em: 20 set. 2017.

ABNT- ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 8800: Projeto de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço e concreto de edifícios. 2. Ed. Rio de Janeiro: Abnt - Associação Brasileira de Normas Técnicas, 2008. 237 p.

Beer, Ferdinand P. et al. Estática e Mecânica dos Materias. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2013. 732 p. Tradução: Antônio Eustáquio de Melo Pertence.

Azevedo, Alvaro Ferreira Alves. Método dos Elementos Finitos. Cidade do Porto - Portugal: Faculdade de Engenharia Universidade do Porto, 2003. 258 p.

Hibbeler, Russel Charles. Resistência dos Materiais. 7. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010. 659 p. Tradução: Arlete Simille Marques

Lipschutz, Seymour; LIPSON, Marc. Álgebra Linear. Porto Alegre: Bookman, 2011. 431p. Tradução Claus Ivo Doering.

Fialho, Arivelton Bustamente. COSMOS: Plataforma CAE do SolidWorks 2008. São Paulo: Erica, 2008. 353 p.

Sousa, Remo Magalhães de. O método de Elementos Finitos: Aplicados ao problema de Condução de Calor. Belém: Nicae, 2003. 40 p.

Fish, Jacob; Belytschko, Ted. Um primeiro Curso em Elementos Finitos. Rio de Janeiro: LTC, 2009. 263 p. Tradução: Nicolau Nassar Koury eLuiz Machado.

Nash, Willian A.; Potter, Merle C.. Resistência dos Materiais. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2014. 199 p. Tradução: Walter Libardi.

AÇOS GLOBO LTDA (São Paulo). Perfis I e H (perfil W). São Paulo: Aços Globo Ltda, 2017. 2 p. Disponível em <http://www.acosglobo.com.br/tabelas.html>. Acesso em: 17 maio 2017.

Skylight Estruturas Metálicas, Publicações técnicas, Perfis Gerdau Açominas Aplicados como Estacas Metálicas em Fundações Profundas. Catálogo 2015. Disponível em:<http://www.skylightestruturas.com.br/downloads/manual-estacas-metalicas.pdf>. Acesso em: 20 de set. de 2017.

Standard, American Association State Highway And Transportation Officals. Standard Specification for High Strength Low-Alloy Columbium-Vanadium Structural Steel. 2008. Disponível em <http://www.steelemotion.com/DropBox/ASTM.A572.pdf>. Acesso em: 20 set. 2017.

Referência: LCC, Matweb (Org.). Material Property Data. 2017. Source for Materials Information. Disponível em <http://www.matweb.com/search/datasheet.aspx?matguid=9ced5dc901c54bd1aef19403d0385d7f&ckck=1>. Acesso em: 21 set. 2017.

Leão, Marcelo; ARAGÃO, Moniz de. Estruturas Metálicas: Dimensionamento Segundo a NBR-8800:2008. 2013. Disponível em: http://transportes.ime.eb.br/~moniz/metalica/estruturas_metalicas_2013_1.pdf>. Acesso em: 20 set. 2017.

Makeltfrom. ASTM A572 Grade 50 (S 355 GP) HSLA Steel. Disponível em: <https://www.makeitfrom.com/material-properties/ASTM-A572-Grade-50-S-355-GP-HSLA-Steel>. Acesso em: 20 set.2017.

Publicado
2019-08-27
Como Citar
Vieira, D. F., Coelho, R. C., Dias, M. J., Neto , A. M. S., & Fontes, W. A. (2019). Elementos Finitos para o Dimensionamento de uma Viga Perfil “I” Utilizada em um Pórtico Móvel. Revista Processos Químicos, 13(25), 31-44. https://doi.org/10.19142/rpq.v13i25.474